Descomplicadas threading pain

Publicado em outubro 5th, 2010 | por Luisa Nucada

9

MULHER: MASOQUISTA

Ah, a mulher, esse ser delicado, sublime, belo… Ah, a sinuosidade das curvas, o macio das carnes, a harmonia das formas, a fecundidade do ventre… Ah, é uma ova!

Quanto sofrimento há por trás dessa magia toda? Por que a dor e a delícia de ser mulher é assim tão palpitante e literal?

Ao longo da vida, nós nos submetemos a periódicos espéculos, instrumentos metálico-gelados que nos penetram as entranhas, mamografias que esmagam os seios, ceras que nos queimam a pele, pinças que torturam lenta e interminavelmente, alicates que cortam, fios-dentais que nos invadem… É o cúmulo que os homens reclamem e resistam tanto ao exame de próstata, um único toque retal anual, e isso só depois dos 45 anos!

Ser mulher é aprender a fruir o prazer de cada dor. Como se explica o masoquismo de ser mulher esposa? Ser mulher esposa é suportar todo o ônus que a intimidade acarreta, desde o bafo matinal até a flatulência indissimulada. É viver sob o a ameaça da rotina, a pior inimiga do matrimônio. É compartilhar o dia-a-dia, é não ter privacidade, é sobreviver ao desgaste da convivência, e disfarçar isso tudo com um nome fofo: cumplicidade.

Instrumentos metálico-gelados nos penetram as entranhas, mamografias esmagam os seios, ceras nos queimam a pele, pinças torturam lenta e interminavelmente, alicates que cortam, fios-dentais que nos invadem

A que se deve o masoquismo de ser mãe? Ser mulher mãe é achar a maternidade a fase mais especial da vida, bancar o canguru durante nove meses e no final do martírio passar chorando-sorrindo pela mais idealizada das dilacerações. E o que vem depois? Fraldas sujas, choro na madrugada, mensalidades da escola, aborrescência, tudo isso culminando no abandono: eles saem de casa, se casam e esquecem da mamãe.

E o masoquismo de ser vaidosa? Ser mulher vaidosa é curtir a tortura de andar sobre um salto doze como se caminhasse sobre o topo do mundo. É tirar o sapato depois da balada, olhar os dedinhos esmagados pelo peep toe e ter a certeza de que estava poderosíssima.  É sentir-se bem depois de trabalhosos procedimentos: maquiagem, chapinha, regime, hidratação… Mais masoquistas são as que levam a estética ao extremo e retiram costelas, mutilam-se com plásticas, implantam corpos estranhos no organismo… Assim podem enfrentar de peito aberto o espelho e o olhar do macho.

Ah, os machos, bem lembrado! Enquanto isso, esses queridos só colaboram: nos pressionam, nos cobram incessantemente… Cadê a marquinha de biquíni? Cadê a unha feita? Cadê o bigodinho de Hitler? Cadê a calcinha sexy? Já foi pra academia? E agora com essa história de metrossexualismo, os homens estão cada vez mais exigentes: enxergam de longe sua sobrancelha, sua cutícula, seu pneuzinho, a ponta dupla do seu cabelo… E sabem o que é drenagem linfática, massagem modeladora, peeling, esfoliação… E usam creminhos para as mãos e para os pés, tomam remédio para o cabelo não cair, depilam o peito… Jesus, o quê que é isso!? Pois eu concordo em gênese, núpcia e graus com Xico Sá: “Homem que é homem não sabe sequer – nem procura saber – a diferença entre estria e celulite”.

Pronto, era esse o desabafo. Peço licença e já vou indo, tenho hora marcada no salão.

Tags: , , ,


Sobre o Autor

Goiana, cruza de japonesa com baiano, estudante de jornalismo. Alimenta-se de histórias e escoa aqui e em www.anucadadisse.blogspot.com sua tagarelice mental.



9 Responses to MULHER: MASOQUISTA

  1. Kleyton-Fpolis/SC says:

    Discordo TOTALMENTE, não somos nós homens que cobramos das mulheres tal empreendimento e empenho. As mulheres o fazem por sua vaidade e pela disputa de beleza contra as outras mulheres.
    Não é difícil perceber, em um shopping por exemplo, os olhares das mulheres observando e analisando os vestidos, sapatos e etc das outras mulheres.
    Nós homens somente procuramos uma mulher carinhosa, cheirosa com um mínimo de cuidado com a beleza, o tanto quanto como nós(falo por mim) nos cuidamos.
    O resto é exagero, homem que gosta de mulher fashion não é homem é gay!
    A grande verdade é que a maioria das mulheres vive num mundo infindável de insatisfação quanto à própria beleza.
    Não é raro encontrar mulheres lindas, maravilhosas, interessantíssimas com baixo auto estima e total descontentamento com a própria beleza e conteúdo no armário.
    Mulheres, a beleza está na simplicidade!

  2. Daniel says:

    Bom só esqueceu de um detalhe que a marioria não faz todo esse “sacrifício” pelo homem, mas quase sempre para ser uma melhor que a outra a guerra é entre voces.

  3. Bagual says:

    Olá!
    Homem que é homem, só faz a barba..não tira cuticúla… essas coisas de se cuidar demais, deve e tem que ser da mulher…ela sofre por isso, ela gosta disso, ela tem que ser elogiada por isso, claro que o homem deve cuidar da saúde mas sem frescura..homem tem que ser homem, e mulher tem que ser mulher…sempre linda com sua essencia, com estria…celulite..quilinhos a mais.. pontas duplas.. vocês sempre serão perfeitas ao olhos de um homem de verdade…

  4. Dani says:

    Sumemo! Estamos cansadas de tanta pressão e exigências, acúmulo de funções… as mulheres precisam ser menos masoquistas e os homens precisam valorizar mais as mulheres. Uma foi lá e queimou o sutiã, a outra pegou o que tava caido e colocou silicone. E as quem gostariam de um equilibrio nisso tudo, como ficam?
    :(

  5. gabriel says:

    o nome disso é seleção natural, ninguem disse q viver é facil

  6. Nathalia says:

    Homens que ficam reparando assim tem que mandar longe…

  7. Moriani says:

    Muito boa matéria!!!!

  8. Daniela Coelho says:

    MUITO BOM!!! hahaha Assino embaixo!

  9. Branca Lucena says:

    Adorei o texto, ganhou até um RT meu rsrs!

    Assina
    @brancalucena

Subir ↑