Descomplicadas piriguetecronica

Publicado em setembro 14th, 2011 | por Luisa Nucada

16

ODE À PIRIGUETE

[Por Luisa Nucada, com ilustração de Nina Guilhermetti]

Ela existe dentro de todas nós, variando em intensidade e modus operandi. Numas está sempre aflorada, noutras precisa de estímulo pra vir à tona. Um drinque costuma bastar. Muitas escondem a sua e apontam a das outras.

Algumas vezes, ela é espremida numa lâmpada mágica e só sai depois de muita esfregação. Em raros casos, nunca se manifesta. Ela é a piriguete.

A piriguete corre sem cautela, sem considerar risco de queda. A vida passa num cruzar de pernas e requer velocidade cinco. Se há tropeços e cortes no joelho, tanto melhor. Toda cicatriz é história pra contar.

A piriguete celebra a liberdade e se expõe sem medo de rótulos. Homenageia o feminino exibindo as coxas que muitas não puderam mostrar, ostentando o decote com o sutiã que queimaram por ela.

A piriguete homenageia o feminino exibindo as coxas que muitas não puderam mostrar, ostentando o decote com o sutiã que queimaram por ela

A piriguete não conhece cerimônia: manda o superego ir catar coquinho, ri sem pôr a mão na frente da boca e é feliz sem pedir licença. Cultua o prazer, obedece ao instinto, reverencia o que é gostoso e goza a vida gemendo alto.

A piriguete é curiosa e experimenta. É preciso lamber pra saber que gosto tem, alisar pra conhecer a textura, apalpar pra sentir a consistência, experienciar. Ela gosta do novo, do não descoberto, de cutucar o sensorial e brincar com percepções.

A piriguete é beleza, é pureza e coragem, é autenticidade de quem não tá nem aí pra imagem. A piriguete se passa, ultrapassa e não passa vontade, não. Manda beijos pra reputação e um alô pra má fama, a piriguete dá, entrega, pede, reclama, é dona de seu nariz e de todo o resto.A piriguete é uma bola de chiclete: incomodados com sua inconveniência, seu estourar barulhento, poucos se propõem a contemplar o explodir cor-de-rosa. Pois que vejam, que admirem, que elogiem e que critiquem, porque bullying é recalque e fofoca é ibope. Pobre de quem curte uma vergonha alheia e esquece de fruir seus próprios vexames.A piriguete não é a ladra de homens, a interesseira ou a promíscua. A piriguete é um estado de espírito. É um estar ingênuo e genuíno, é quando nos permitimos sair da redoma do apropriado, dos pudores imputados, do falso moralismo. A piriguete não teme julgamentos, é transparente e livre. Aí reside sua virtude.

Piriguetar é terapia, medicina preventiva. A prescrição é trocar o não fica bem pelo estar bem, o reprimir pelo externar e deixar a piriguete que nos habita sair pra passear de vez em quando. Ou num belo dia ela arromba a porta, foge de casa e faz o maior estrago.

Esta matéria é da Naipe 6. Clique aqui para ler a revista na versão online.

Tags: , ,


Sobre o Autor

Goiana, cruza de japonesa com baiano, estudante de jornalismo. Alimenta-se de histórias e escoa aqui e em www.anucadadisse.blogspot.com sua tagarelice mental.



16 Responses to ODE À PIRIGUETE

  1. Ana Lucia says:

    Isso,vamos todas fazer ode á nossa objetificação e depois reclamar que os homens fazem piadas de estuproe que estupradores nunca são punidos!!!Vamos fazer ode á nosa redução á bundas e peitos e depois reclmara que nosso ssalários são menores e que homem só que saber de transar e jogar fora!! Depois,SÓ ELES É QUE SÃO MACHISTAS! Só pode ser piada um texto desses…

  2. Renata Luísa says:

    Muito bom, sou totalmente a favor dessa dismistificação de tudo e todos que falam por aí, de quem aponta uma piriguete mas esconde a sua própria debaixo das unhas, sou por estes pontos de vista!

  3. Drão says:

    Como disse eduardo galeano sobre a apresentação da isadora duncan na argentina, a liberdade ofende.

    Mas sabe o que me assusta??? É que a liberdade ofenda hoje exatamente como ofendia em 1916!!!

  4. mari says:

    Vixi maria, será que nem os leitores da naipe escapam da normatização da vida e do pensamento???????????

    escrever não é encaixar palavras em compartimentos, não. escrever é ser livre. puta merda!

    tô pasma com os comentários negativos!!!!!!!!!!!!!

  5. cleonice says:

    Piriguete tudo isso mesmo, maravilhosa para alguns e davastadora para outros!!!!!!

  6. Luciana says:

    [quote name=”Luisa Nucada”]Luciana,
    Nas regiões sul e sudeste, principalmente, piriguete é um termo pejorativo que significa isso tudo que você falou: aproveitadora, oportunista, sinônimo de biscate. Já na Bahia, por exemplo, o termo pode ser empregado de forma positiva, expressando alegria, espontaneidade e liberdade de convenções sociais. Esse significado também foi atribuído ao termo por algumas feministas, que defendem o direito de independência de atitude e comportamento da mulher. Quis brincar com o lado positivo da palavra, por isso não usei a grafia periguete, que deriva de perigo. Beijos![/quote]

    Luisa, nós estamos na região sul! Entendi a sua intenção, essa coisa da ode à liberdade feminina, só discordo do uso do termo piriguete que, a meu ver, já está vinculado a um tipo de mulher.
    Abs

  7. MILU says:

    O PODER DE UMA PIRIGUETE ê CAUSAR INVEJA MUITA INVEJA! RSRSRRSS!!!

  8. Luisa Nucada says:

    Luciana,
    Nas regiões sul e sudeste, principalmente, piriguete é um termo pejorativo que significa isso tudo que você falou: aproveitadora, oportunista, sinônimo de biscate. Já na Bahia, por exemplo, o termo pode ser empregado de forma positiva, expressando alegria, espontaneidade e liberdade de convenções sociais. Esse significado também foi atribuído ao termo por algumas feministas, que defendem o direito de independência de atitude e comportamento da mulher. Quis brincar com o lado positivo da palavra, por isso não usei a grafia periguete, que deriva de perigo. Beijos!

  9. Luciana says:

    Piriguete não é isso. O que vc descreveu é uma mulher super autoconfiante, que sabe o que quer e o que está fazendo, dona de si.
    Piriguete é o oposto disso, é aproveitadora de situação, é alpinista, é pela lei do mínimo esforço e utiliza o corpo e a superinflada sensualidade pra conseguir o quer.
    Piriguete não é autoconfiante, é insegura, precisa escrachar no erotismo pra ver se tem algum valor.
    Texto bem escrito na forma.
    Equivocado no conteúdo.

  10. Roberto says:

    é isso ae meninas, liberem geral kkkkkkkkkkkk

    piriguetes? ADOROOOOOOOOOOO KKKKK

    • Ana Lucia says:

      claro meu filho,afinal,somos só corpos desfrutáveis e descartáveis!!VIVA A LIBERTAÇÃO DA MULHER BRASILEIRA!!

  11. thais says:

    materia?? AONDE?? isso ta mais para um poeminha muto mal escrito..
    A piriguete é uma bola de chiclete?!?!
    essa com certeza não fez faculdade de jornalismo..

  12. nel says:

    Tão mishturando ash coisash!
    Pirigueti é pirigueti. Uma quarqué muié filiz é otra coiza. Pirigueti vive a pirigu e piriga istragá teu lado! abri us óiu! Põe a pirigu tudo pur ondi passa!!!!hêhêhê!!!

  13. fernanda says:

    Ser vulgar agora é legal? A tá, é o fim da picada mesmo!

  14. Luiz Eugenio says:

    Se a VIDA fosse facil, não se chamaria vida, se chamaria PIRIGUETE…

Subir ↑