Estante avidacomoela

Publicado em janeiro 28th, 2011 | por Revista Naipe

0

NADA ÓBVIA

A vida como ela é podia ser mais uma adaptação teatral de crônicas de Nelson Rodrigues. Não é.

Nada parece muito óbvio: maquiagem exagerada, figurino berrante, técnicas de interpretação inusitadas, quase esquisitas. Nem o público é o esperado em uma peça inspirada em textos de um dramaturgo que nos anos 1950 foi considerado pornográfico e tarado – em uma das apresentações, a Naipe viu uma criança com uma Barbie na plateia.

A peça está em cartaz até o dia 20/02 no Teatro Álvaro de Carvalho. Dirigida por Luís Artur Nunes e com atuação do grupo “Teatro Sim… Por que não?!!!”, reúne cinco histórias representadas de maneiras diferentes. É difícil decidir o que surpreende mais, se o enredo mirabolante ou as técnicas teatrais. São utilizadas máscaras, projeção de sombras, quadros vivos, dublagem e manipulação de um ator pelo outro como se fossem bonecos.

Para quem nunca leu algo de Nelson Rodrigues, é uma boa maneira de conhecer os modos tragicômicos do autor famoso por ser o maior do gênero no país. Durante a peça, impossível não sentir uma leve nostalgia de uma época que a maior parte do público nem viveu: a copa de 58, os tempos de cortejo, bailes, assassinatos, enforcamentos por amor. Sim, Nelson Rodrigues é para os que curtem humor negro, sátiras, ironias.

A vida como ela é explora muito bem o melodrama do autor carioca, polêmico por representar o ambiente social e psicológico de adultério, loucura, traição. O espetáculo mostra tudo isso com a dose certa de tragédia e as colheradas exatas de comédia para que o público tenha aquela sensação de estar soltando uma gargalhada quando… pá!, alguém se enforcou.

_____

Quando: todas as sextas, sábados e domingos às 21h, até o dia 20/02
Onde: Teatro Álvaro de Carvalho (Rua Marechal Guilherme, 26, Centro)
Quanto: R$ 15 meia-entrada, R$ 30 inteira
Mais informações: 48 9972 3052

 

Tags: , ,


Sobre o Autor



Os comentários foram encerrados.

Subir ↑