Na rua Pedra_do_Visual_Caminho_do_Travessão

Publicado em janeiro 6th, 2013 | por Revista Naipe

1

GUIA NAIPE DE VERÃO 2013

[Foto: Lagoa vista a partir do Caminho do Travessão, por Rodrigo Dalmolin]

Creamfields e cavernas marinhas escondidas, pastel do tiozinho e sushi com vieiras, cervejas especiais e tapas, trilhas e paradores, Stand Up Paddle e parapente, parques e bairros, minipraias e cinemas, bibliotecas e bistrôs.

O Guia Naipe de Verão 2013 chega à sua terceira temporada com mais páginas (148) e itens listados (290) que as edições anteriores.

A publicação traz 16 lugares abertos em 2012, destacados por símbolo específico. Mais que aventureiros sazonais, boa parte deve se tornar referência nos seus segmentos.

Outra novidade são conversas com especialistas. Um cervejeiro, um baladeiro e um trilheiro trazem especificidades das suas áreas. É a chance de o leitor conhecer novas marcas de cervejas catarinenses, um circuito atualizado de festas em Balneário Camboriú e uma Florianópolis de atrativos naturais inéditos até para acostumados a fazer trilhas.

Com mais fotos e mais formas geométricas exploradas, as páginas do guia fortaleceram sua particularidade visual e a proposta de uma leitura suave. Como em 2012, o guia traz as escolhas da equipe Naipe – os melhores lugares entre os 290 apurados. A lista, este ano, tem 34 pontos, entre praias e estabelecimentos.

Além de passeios por diferentes regiões do litoral de Santa Catarina, destaque para um percurso que revisita os anos 1980 em Florianópolis e para outro que une bares da Ilha em um pub crawl, a prática gringa de se beber em diferentes lugares na mesma noite.

A proposta é uma visita mais detalhada pelo litoral de Santa Catarina, não oferecida por guias nacionais e de fora, que dedicam poucas páginas à região. O conteúdo maior é ideal para quem fica no litoral catarinense mais de uma semana ou está voltando, caso de muitos turistas. Além disso, o guia da Naipe é apurado o mais próximo possível do verão, flagrando muitas mudanças que só acontecem nesta época.

O guia se preocupa em trazer textos específicos, com detalhes. Para isso, a equipe visita ou revisita mesmo os lugares mais óbvios. A Ilha do Campeche recebe mais de 30 mil turistas por ano, mas muita gente ignora que por lá pode-se fazer quatro trilhas com monitores. Os paradores de Jurerê Internacional e de Estaleirinho podem ser parecidos, mas não são iguais. “Sempre dá para subir um costão a mais, abrir novas portas, provar outras comidas, enxergar de novas maneiras. Dizer que se conhece quase todo o litoral catarinense é quase sempre excesso de presunção ou preguiça”, diz o editor do guia, Thiago Momm.

O Guia Naipe de Verão 2013, gratuito, tem como patrocinadores Estácio de Sá, Chevrolet, Óculos Mormaii, Célula Showcase, Boteco Zé Mané, Varal, Sic Music, Convention & Visitors Bureau, Absurda e Heineken.

Tags: , , ,


Sobre o Autor



One Response to GUIA NAIPE DE VERÃO 2013

  1. Anderson says:

    O guia é ótimo. Muito bom o trabalho.

    Saudações.

Subir ↑