Na rua palmeirinhasdentro

Publicado em julho 28th, 2011 | por Revista Naipe

130

NÃO GOSTO

“Qual o limite de linhas?”, pergunta a universitária à Naipe durante a entrevista por email. “Porque eu já respondi as perguntas, mas sempre tem mais material quando o assunto é falar mal de Florianópolis.”

Sim. A Florianópolis elogiada pelo New York Times, adulada pelos guias turísticos, sacralizada pela mídia em geral não é, como fazem crer, uma grande ciranda de moradores cantando de mãos dadas o Rancho de Amor à Ilha – ou pescando a própria tainha no final de tarde, como descreveu a Veja em matéria mais elogiosa que a canção de Zininho.

Por que se ouve tão pouco os descontentes? E os jovens, eles gostam de viver aqui?A Naipe não encontrou pesquisas que questionem isso, mas, para tentar conhecer melhor a opinião de quem não compra a ideia de Floripa-paradise, lançou uma enquete online: “Você gosta de viver em Florianópolis?”. Ao final, 170 pessoas responderam as três perguntas. Os resultados:

“Você gosta de morar em Florianópolis?”
Razoavelmente, sei dos problemas da cidade mas não deixaria de viver aqui: 63%
Não gosto. Quero ir morar em outra cidade: 21%
Sim, muito. Jamais me mudaria daqui: 13%
Odeio. Só moro aqui porque sou obrigado: 3%

“Caso não esteja satisfeito, qual seu principal motivo?”
Infraestrutura: 32%
Falta de opções de lazer/culturais: 20%
Provincianismo: 14%
Mercado de trabalho limitado: 14%
Outros: 20%

“Você acredita que Florianópolis é superestimada?”
Sim: 78%
Não: 22%

Aglomerado de praias

A estudante da Udesc Julie Maillard é do time do “odeio”. Ela não vê a hora de se formar e ir embora: “O problema é que tenho dificuldade de ver Florianópolis como uma cidade. Isso aqui é um aglomerado de praias com um centrinho ‘urbano’ diminuto e que oferece opções na mesma medida em que investe no transporte público – cada vez menos”.

A sua principal crítica é em relação à falta de diversidade: “E antes que comecem com histórias sobre a natureza, praias, Mata Atlântica, Rendeiras e seja lá o que mais, falemos de diversidade cultural, musical, de entretenimento e de públicos. As pessoas esquecem que nem todo mundo que mora aqui é surfista, gosta de praia ou ouve reggae”, destila, e se empolga:

“Sem contar que a impressão que se tem é que a ilha foi enclausurada numa bolha do tempo. Tudo demora uma eternidade pra chegar aqui e mais tempo ainda pra finalmente ir embora. Isso se aplica a filmes, shows, lojas, modismos e qualquer tipo de informação, que parece encontrar na ponte Hercílio Luz uma barreira intransponível.”

Não, não é um caso isolado e nem exclusivo de quem veio de fora.

O manezinho estudante de Arquitetura da UFSC Augusto Ramos também acredita que Florianópolis é um deserto cultural, mas o que mais lhe incomoda é a falta de organização. “Aqui nada funciona. O transporte é um lixo, o asfalto é um nojo e o que tem de lazer, além de ser ruim, é caro”. Augusto também se irrita com a mentalidade de moradores que propagam a campanha fora-haole: “É um pensamento mesquinho, como se o nativo fosse melhor do que os outros. Eu sou daqui e sempre fui muito bem recebido em outros lugares”.

Ele pretende se mudar para Curitiba, Porto Alegre ou São Paulo assim que puder: “Sem dúvida aqui é melhor pra passar férias do que pra morar”.

Não pode falar mal

A estudante de moda Tchéri Netto, que morou a vida toda na ilha, costuma receber muitas críticas à sua opinião negativa sobre Floripa. “Acho que as pessoas aqui têm mentalidade muito pequena. O mundo evolui, as pessoas evoluem, mas parece que a ilha fica estagnada naquele comportamento de cidade de interior.”

“Em São Paulo ninguém fica ofendido com quem fala mal da cidade, não tem esse orgulho todo”, avalia o jornalista Luiz Augusto Fakri. Paulistano, ele veio todo faceiro estudar na UFSC em 2001, animado com a possibilidade de viver o sonho do eu-moro-onde-você-passa-férias. Mas desencantou. Percebeu que pegava o mesmo trânsito que em São Paulo, passou a ouvir comentários sobre “roubar vaga dos outros na universidade” e se deu conta de que preferia cidades maiores.

Assim que se formou, ele voltou para a capital paulista: “Gosto de Florianópolis, mas não voltaria a morar aí porque sou mais urbano. Floripa não é pequena de população, mas tem uma mentalidade de cidade pequena. Não é que eu não goste das pessoas, tenho muitos amigos aí. Só acho a mentalidade imatura pro que a cidade é.”


Sobre o Autor



130 Responses to NÃO GOSTO

  1. rogério andrade says:

    Gauchada…paulistada…catarruchada…já vão tarde…e não voltem…nem a passeio…passem por cima…de avião…deixe SC ser o zero da 101…é ,melhor assim…

  2. rogério andrade says:

    Esses estrangeiros, gauchos, paulistas, catarruchos(os do oeste) que vão simbora…deixem a ilha, ninguém precisa deles…que vivam do lugar deles…como a ilha era boa…limpa…mar limpo…peixe, sirí,…um pouco antes uma só ponte, areia das dunas caindo na lagoa, até o mar se revoltou e acabou com a Barra da Lagoa…vão embora…voltem prá PA, PR, SP, CH, prá onde quiserem…

    • Gabriel Antonio Silva says:

      Éh! estava pensando em passar minhas férias em Florianópolis pois sempre me disseram ser um lugar maravilhoso e eu gostaria de conhecer, mas depois deste comentário, acho melhor não ir, vou escolher outro lugar.

  3. George says:

    Temos ponte, aeroporto e rodoviária. Não estão satisfeitos, é só ir embora. Bando de Xaropes

  4. Manezinho revoltado says:

    Realmente, a vida em floripa está cada dia mais difícil, infra-estrutura, falta de opções, praias sem banheiro público…

    Engraçado, alguns anos atrás já era assim e a convivência entre as pessoas que lá moram era bem mais tranquila. Sabíamos das dificuldades, mas tudo funcionava de um jeito muito bacana.

    Sou da política sim do fora-haole, e não porque me acho melhor que os outros, e sim porque conheci uma ilha muito melhor do que está hoje.

    Deve ser coincidência, mas as coisas começaram a piorar muuuuito de uns tempos pra cá após a grande propaganda da mídia. Propagando esta que atraiu muitas pessoas para morar na ilha.

    Senhoras e senhores que estão insatisfeitos com a nossa ilha, seria um grande favor se vocês procurassem outros lugares para viver. São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, isso sim são excelentes lugares para morar. Nós da ilha seríamos eternamente gratos por suas saídas.

  5. Guilherme says:

    Qualquer lugar que tenha alto indice de imigracao, querendo ou nao, vai ter problemas com o povo e as vezes preconceito com o pessoal de fora. Isso acontece em qualquer lugar, EUA com mexicano em maior grau, europa tambem tem seus problemas de xenofobia.(só to citando, nao sou a favor de nenhum tipo de preconceito) .Para o pessoal do sudeste que critica a gente, basta ver que “eles”(mas nao generalizando) sempre falaram mal e meteram o pau nos nordestino. Só talvez nao aconteca isso no Rio Grande do Sul, ja que outro dia uma pesquisa apresentou que la a taxa de emigracao é maior que a de imigracao. E é fato que a gente vai continuar pegando no pé deles ja que eles vem de monte pra ca.
    Claro que florianópolis tem todos esses problemas, e nem precisa ser uma unanimidade, cada um acho o que quizer, f…se, mas como ja apontaram, criticar é facil, quero ver construir algo de util.

  6. Obama Bin Laden says:

    Se não fosse as praias…
    Povinho interesseiro do terceiro mundo se achando do primeiro…É só ver a novela da grobo, que quando lançaram estavam se gabando. Viu o que se passa na novelinha de floripa…
    Se não fosse as praias…e o povo simples…é o que salva

  7. Luiz Gustavo says:

    Olha, já morei em florianópolis e já era ruim, fui a passar uns dias a trabalho este ano e vi que o que era ruim pode ficar ainda pior, trânsito horrível, péssima infra-estrutra nas praias (como sempre foi), não há banheiros públicos nem chuveiros, nada, tudo aí parece vila de pescador, só se salva a beira-mar, de resto é um lixo. Pena que a televisão só mostre a beira-mar norte nas novelas e nas reportagens. Não há nada além disso.

  8. Paulo says:

    As pessoas que aqui vivem tem que intender e saber conviver com as diferenças, pois é isso que nos engrandece. Outra coisa: não adianta pensar que a cidade ou os seus moradores (principalmente os mais simples / desinformados / ignorantes etc.) se adptarão a algum modelo que venha de fora, principalmente de cidades grandes e cidades do primeiro mundo. Eu me impressiono com a ignorância e arrogância de gente que vem de grandes centros urbanos com a pretensão de modificar a cidade para algo que lhe dê prazer ou que satisfaça seu ego. Isso é um absurdo. Acredito que Floripa tem que decidir o que quer e investir nisso, ao invés de ficar “dando tiro no escuro”, e as pessoas devem ser pacientes e sempre tentar melhorar a cidade, lembrando de não que não podem transformá-la em alguma coisa que não faz parte da alma do povo e da poítica local. Ou seja, venham com calma, porque para tudo na vida é preciso ter equilíbrio, bom senso e saber que para cada coisa há um tempo certo para acontecer.

  9. Fábio - Floripa says:

    Guarita na ponte já!

    [quote name=”Marco Aurélio”]Seria a melhor coisa que os encomodados fosse embora!!!
    Mas para voces que estudao em nossas universidades de graça estao reclamando do que?
    Florianopolis deveria ter passaporte para escolher melhor seus habitantes!!!!!!!!!![/quote]

  10. Roberto says:

    bom se vc não gosta do transporte público reclame com o prefeito, e com o sindicato dos transportes urbanos/whatever… ou compre um carro. Não tem dinheiro? então cai fora, pobres não são bem-vindos em Floripa.

  11. says:

    Por isso que os catarinenses são considerados os mais BURROS do Brasil… Não conseguem entender uma critica…

    PS: Sou catarinense, moro na ilha, mas tenho muita vergonha dessas atitudes desses MANÉS

  12. Rodrigo Figueiredo says:

    E aos mais revoltados segue:
    VENHA CONHECER FLORIPA, MAS NÃO ESQUEÇA DE IR EMBORA.

  13. Rodrigo Figueiredo says:

    Olha gente, nasci aqui, trabalho aqui, moro nessa ilha e sou apaixonado por ela, digo a todos que já foi um lugar muito melhor, quando o numero de habitantes não contrastava tanto com a infraestrutura atual. Mas pergunto a vcs, como acompanhar e estruturar uma cidade que cresce na velocidade de Floripa? Qual outra cidade recebe tanta gente nova como esta, então fica difícil, aliada a incopetência e a notória falta de representatividade de nossa classe política, fica mais difícil ainda. Não é a toa que a COPA não veio pra cá, foi só isso. Pura roubalheira desses safados.

  14. Carlinhos São José says:

    Pior do que odiar, é não fazer nada pra melhorar…
    Mas uma coisa é certo, lá o dinheiro comanda e pode tudo…
    Mais vale um ladrão de carrão que um atleta a pé…lamentável…ou um gringo traficante cheio da grana, do que um catarinense local e trabalhador…

  15. Carolinne Thomazi Ni says:

    Como eu disse, comentários pejorativos como o de Rodrigo que chama os nativos de “manelândia”, “povinho”, incompetentes (que se escreve com N antes do C e não com M), “ignorantes” e “medíocre” são tristes e desnecessários. Essas pessoas realmente fazem da Ilha o que ela é. Vai ver que é isso que falta pra nós sermos elogiados pela realeza de fora (não é isso que eles estão se considerando?): sair xingando e taxando todos que encontramos pela frente. Isso é que deve ser a educação e a cultura tão cobradas por essas pessoas como Rodrigo. Sou mais o que diriam mesmos os típicos manezinhos: Istepô, dez pra ti na finesse!.

  16. Sophia says:

    Floripa é um ótimo lugar para se viver, porque se não fosse não teria tantas pessoas morando aqui, e o lugar sendo tão elogiado.
    Se não gostam de viver aqui, se mudem, pois saibam que sempre acharão um defeito, não importa quão bom seja o lugar.
    Nossa ilha, só vai melhorar quando os próprios moradores agirem. Quando os moradores abrirem mão dos xingamentos e comecem a fazer algo de útil para Floripa. Os políticos tem que se mexer sim, mas não devemos colocar toda a culpa neles. Temos a nossa parte também.

  17. marco aurelio says:

    [quote name=”Fernando”]A crise existencial, a falta de qualificação e a mediocridade, pra mim pessoas que falam mal de Floripa tem todas essas características, vivem contra a maré. Porra, comparar o lixo de SP e seu cãos urbano, a bandidagem do RJ e o RS com essa terra maravilhosa. Ë claro que vencer não é pra todos, o nego tem que ter QI e capacidade. Os mediocres podem voltar para seus feudos, suas cidades, seu mundinho desprezível e interior.[/quote]
    Realmente tem de ter QI– quem indica pq senao nada acontece aqui

  18. Rodrigo says:

    A “MANÉLÂNDIA” é recheada por “nativos” imcompetentes e ignorantes. Pessoas que não se preocuparam em se preparar para nada. Depois vivem reclamando que as pessoas vem para cá roubar emprego delas etc. Fora que vem com um papinho mais idiota ainda de se não gosta vai embora. Gente medíocre.
    Os problemas existem em qualquer cidade, mas não querer resolver e achar que tem que ficar assim pra sempre é demais.
    A falta de educação impera aqui, a falta de cultura, falta de organização, trânsito caótico, povo sem cultura e etc.
    A cidade é linda, pena é o povinho que já habitava aqui.

  19. Carolinne Thomazi Ni says:

    fato é: ninguém gosta de ter sua cidade criticada e menosprezada, especialmente pelos de fora; É um instinto de preservação; O que me deixa mais chateada nestes comentários todos são as ofensas. Estas pessoas acharem que suas opiniões são tão fortes e corretas quando usam pejorativos para caracterizar os moradores locais, sendo que não vi nenhum apresentar uma solução concreta ou comprovar que já fez algo para mudar a situação da Ilha ao invés de ficar aqui reclamando.No mais,ninguém é obrigado a nada nesta vida, se o teu emprego te faz morar aqui,mas você é infeliz por isso,vá a luta e mude.Eu fiz isso.Morava em uma cidade do interior por força de casamento e emprego.O casamento eu mantive. O emprego, eu mudei e não morri por isso.Estou mais feliz e ninguém da cidade onde eu morava tem nada a ver com isso.

  20. Fernando says:

    A crise existencial, a falta de qualificação e a mediocridade, pra mim pessoas que falam mal de Floripa tem todas essas características, vivem contra a maré. Porra, comparar o lixo de SP e seu cãos urbano, a bandidagem do RJ e o RS com essa terra maravilhosa. Ë claro que vencer não é pra todos, o nego tem que ter QI e capacidade. Os mediocres podem voltar para seus feudos, suas cidades, seu mundinho desprezível e interior.

  21. Fernando says:

    Olha, o problema é esse pessoalzinho de fora, voltem para suas cidades, saiam de Floripa, ruaaa…. Aqui é pra nós ilhéus que adoramos essa cidade. Talvez legal seja aquele lixo chamado SP ou RJ e seus assaltos cinematográficos, sua poluição. Morei na California e em outros países, não existe cidade como Floripa, uma das melhores do mundo. É gente que não teve capacidade técnica e intelectual para dar certo, daí o negócio é ir para os grandes centros urbanos mesmo.

  22. Carolinne Thomazi Ni says:

    E você “Re”, o que está fazendo por esta cidade, além de reclamar? O que nos falta, então? Dê-nos o exemplo: você está engajado em quais causas pró-Floripa? Auxilia alguma ong? Participou ou dá opinião em projetos da cidade?Dá aulas de graça nas comunas carentes? Manda carta aos políticos? Angaria fundos para entidades? Faz pesquisas de satisfação e abaixo-assinados? Faz parte do centro comunitário no seu bairro,levantando quais são as maiores carências da sua região? Incentiva a coleta seletiva no seu bairro? Incentiva a carona amiga, ou dá carona aos colegas pra diminuir o trânsito?Deixe-me envergonhada.

  23. Sandra Mara says:

    Amo Floripa, foi a cidade que escolhi para morar, belezas naturais infinitas, políticos ruins como em todos os lugares deste país, quem vem morar aqui já sabe que Floripa é uma pequena cidade grande, quem não gosta que se mande, é um a menos, ninguém é obrigado a morar aqui, se mora é por algum motivo, ou veio trabalhar ou veio estudar, então achou um motivo não reclame, curta e agradeça a oportunidade.
    Florianópolis com certeza é uma paixaõ para quem gosta de viver e aprecia as coisas boas que DEUS nos deu.

  24. tatiana says:

    BOM …ENTAO EU SO A PESSOA QUE PAROU NO TEMPO POIS ACHO MESMO QUE A NOSSA CIDADE É PEQUENA PRA QUEM VEM DE FORA MORAR AQUI SE O CARA VEM DE SAO PAULO E RECLAMA DE NOSSA CIDADE POR QUE ELE NAO VOLTA PRA LA SO PQ PASSOU AQUI NA UNIVERSIDADE PQ SAO PAULO NAO TEM??E OUTRA COISA O QUE TEM PRA SE FAZER EM FLORIPA TEM E É BASTANTE COISA É SO PROCURAR AI ESQUECI EM SAO PAULO OU EM OUTRA CIDADE GRANDE TEM BALADA TODOS OS DIAS NA PORTA DE SUA CASA NEH ACHO QUE É ISSO…POIS EU SOU A MANEZINHA QUE ACHA QUE CADA MACACO NO SEU GALHO CADA UM TEM DE VIVER NA SUA CIDADE DE ORIGEM A NAO SER QUE REALMENTE TENHA Q TROCAR QUE AS PESSOAS DEVEM VIR APENAS PARA CONHECER E PASSAR FERIAS E DEPOIS VOLTEM A SUAS CIDADES POIS A NOSSA JA ESTA LOTADA E POR ESTE MOTIVO A VIOLENCIA NELA SO CRESCE POIS TEM GENTE QUE SAI DA SUA CIDADE ACHANDO QUE VAI SE DAR BEM E OUTRA ACABA NA RUA DORMINDO NOS BANCOS DA PRAÇA POIS NAO CONSEGUEM O QUE VIERAM BUSCAR E ACABAM VANDALIZANDO A NOSSA CIDADE….[/quote]

  25. Edilson Sá & Souza says:

    Floripa não tem trabalho, não tem lugar para morar (preço de imóvel é de primeiro mundo), e pior; a Ilha tá entupida de gente medíocre. São paulistas, gaúchos, entre outros e os catarinenses, que pararam/morreram no tempo. E pra completar o turismo é uma porcaria. Nada de novo, não é!? Podem até me criticar, mas é a pura verdade. Prova de tudo que falei é a nova ponte a ser construída! risos. Eta atraso de vida!

  26. Darci da aprântida says:

    Tá tudo mau desorganizado…..né ganizaaa

  27. Rafa says:

    É Floripa já foi um lugar muito melhor.. Quando aqui não moravam pessoas como Augusto Fakri.
    O sr jornalista não teve competencia de passar no vestbular da sua cidade, fez vestibular por todo o brasil, passou na UFSC e teve que vir morar aqui. Provavelmente se sua faculdade fosse em alguma outra cidade também falaria mal não é mesmo?!
    E se não gosta de ouvir eu repito: roubou vaga na nossa UFSC sim, porque os magnatas de SP pagam os custos das faculdades de seus filhos onde quer que seja. Já os manezinhos, por mais ricos que sejam, pagam universidades particulares para não precisar sair do nosso paraíso (pelo menos os não revoltados).

    Acho que pelos comentários dá de ver qual a verdadeira opinião da galera!

    “a porta de saída é serventia da casa” ou a ponte, como preferirem..

  28. Re says:

    F*** é ver que vcs moram em um paraiso que podia estar muito melhor e ver que vcs estão tão acomodados que não fazem nada. Daqui há uns anos Floripa vai crescer mais, os problemas vão aumentar e a cidade vai viver num gargalo. Pselo amor gente ai é uma Ilha, as coisas precisam melhorar,
    faz parte da obrigação do povo cobrar os seus governantes, a galera que mora ai e é de fora, não vota ai, quem tem que escolher melhor os seus representantes são vcs, na última eleição pra prefeito escolheram o mesmo cara que ja roubou milhões de vcs, pelo amor né, mas enquanto vcs acharem que ta td bem, que é normal ter esgoto em apenas em 30% da cidade, a rendeiras naquela buraqueira que td vez tem um carro parado trocando pneu e a lagoa da conceição totalmente poluida que nem banho de lagoa não da mais pra tomar lá, andar no final de semana 4 km em 1 hora. Eu só posso dizer uma coisa: Ê VIVA A SANTA IGNORÂNCIA!

  29. Rafael Osvaldo Linh says:

    É triste ter que ouvir pessoas que vieram de outras cidades criticar nosso paraiso. Se não estão satisfeitos voltem para onde vieram. Talvez as constantes enchentes registradas na cidade de SP. demonstrem melhor a opção dessa pessoas.
    No Rio Grande do Sul nem praia que preste tem, por isso a gauchada quando quer tomar um banho corre para Floripa.
    Dizer que a cidade vive dos turistas é não conhecer o Brasil, pois quem para cá se dirige se gasta alguns reais o imposto devido não é recolhido por quem de direito, pois a seonegação impera, assim, turistas para nós que somos manézinho só serve para aumentar as filas, os preços e criar problemas no trânsito. Quem é de fóra e não esta saisfeito, por favor volte para sua terra e quem nasceu aqui que demonstra insatisfação nem deveria ter nascido, atá acredito que não nasceram, cairam de paraquedas no lugar errado.

  30. França Floripa says:

    Prá quem pensa que quem é de Florianópolis não conhece nada além daqui, saca só, morei no MT muitos anos, viajei muito pelo Brasil e até alguns países vizinhos e com certeza outros fizeram o mesmo e mantenho minha opinião, adoro essa cidade e quem não está satisfeito, VÁ EMBORA PORRA.

  31. Carolina says:

    Tá ruim?! Voltem para seus feudos!

  32. Ricardo says:

    Cara , se nao gostas da qui . vaza logo.
    Vai morar no lixo que é Sao Paulo ou no meio do nada que é o Rio Grande do Sul.

  33. Gjose says:

    mas pensando bem, sem stress, quando quero curto floripa..aliás acho que metade das terras ali é da união …rs

  34. Carolinne Thomazi Ni says:

    Passividade? SP é mesmo o exemplo de luta pelos direitos dos cidadãos?Odeio radicalismos, mas pessoas que gastam seu tempo com um blog que só levanta os problemas da cidade e nenhuma solução,devem mesmo ser mais felizes que eu, que faço faculdade de turismo e trabalho na área, procurando soluções para a cidade.E quem quer tanto uma cidade grande, que vá morar em Joinville….
    “F”., é aguentar manezinho da ilha querendo morar em Curitiba ou Porto Alegre.

  35. Carolinne Thomazi Ni says:

    …ainda assim, é totalmente admissivel alguém de uma cidade maior, não gostar de floripa. As revistas transformaram floripa em algo q não é, não culpem o manezinho por isso.Infra-estrutura boa? Também critico a nossa, mas me citem cidades no Brasil com as belezas de Floripa (desculpem, mas esse é o nosso forte, o “aglomerado de praias) que tenham uma infra estrutura adequada? PoA? Ah, tá!

  36. Carolinne Thomazi Ni says:

    Acho forçar a amizade comparar Floripa com São Paulo.Em primeiro lugar, o que mais conheço são paulistas que se acham. Se você fala mal de SP, eles te mandam de volta pra tua casa. A questão é que, com o tamanho e diversidade de SP, as pessoas só falam mal mesmo é da violência de lá e, quem é turista, dificilmente se irrita ou se consterna com o trânsito. No mais, quem se importa com 1 ou outra opinião diversa numa cidade de milhões de pessoas?Então, ponto para Sampa!

  37. Re says:

    Falta humildade ao povo manézinho, quem faz a Ilha são os turistas e os moradores dos outros estados… Aprendam a respeitar essa galera que muitas vezes fazem muito mais que vcs. Eu queria ver o que seria da Ilha sem os turistas…

  38. Eduardo says:

    olha
    quem está descontente que vá embora, aliás, nem deveriam ter vindo.
    essa raça de fora merece ir morar longe mesmo e não aproveitar nossas maravilhas naturais.
    gosto de viver cercado de pessoas que contribui pra floripa ficar sem a badalação de grandes centros, pois o que mais gosto é sossego de poder ir a praia ou outros pontos sem ter que ficar preocupado se vai ter o pessoal de fora lotando nossas maravilhas naturais.
    eu gosto da minha cultura de manezinho da ilha, se nao gostam pega o primeiro vôo e vai embora jacaré

  39. Fernando says:

    Concordo com essas pessoas, sou manézinho da ilha e não vejo a hora de dar o fora daqui, em qualquer lugar que vou sou mais bem tratado do que em Floripa. O custo de vida é um roubo, o povo de daqui é muito preguiçoso (chegava a sentir vergonha quando dizia que era de Floripa em locais como São Paulo, Rio, Curitiba, Brasília e outros). Realmente a única coisa que tem aqui são belezas naturais, de resto é tudo muito atrasado mesmo e o povo parece que quer ficar nessa mesmice.

  40. Gjose says:

    para aqueles que acham absurdo reclamar do local onde vivem, provavelmente nunca reclamaram de nada do Brasil, afinal..não gostou vai embora..
    e para aqueles que dizem que não precisa mudar nada, maravilha… o trânsito esta ótimo assim, o número de homicídios uma beleza…etc etc

  41. Eduardo says:

    Quanta besteira escrevem aqui, aliás falar besteira é uma cultura de Floripa, isso é ruim…NÃO, cultura cada cidade tem a sua, quem não gosta da tolice simpática dos descendentes de açorianos saia fora. Agora, problemas de infra estrutura tem no BRASIL todo, políticos corruptos, asfalto podre, trânsito caótico também. Floripa é prá curtir praia, ouvir reggae e comer peixe, quem não gosta perde. Aqui é lugar para as patrocinhas de sampa arranjarem surfistas sarados, para as gaúchas encontrarem Homens de verdade e para as pobres curitibanas darem prá todo mundo. Atrás dessa mulherada fácil vem o macharedo todo e aí é fila prá todo lado. Falem o que quiserem, mas Floripa é movida a SEXO, e sexo organizado só na zona. Abraços.

  42. França Floripa says:

    Pôxa, vão embora, mas vão mesmo, que saco, se aqui é provinciano, atrasado, e o que presta está lá (RS/SP), então voltem prá lá urgente, mas nos deixem em paz, nós amamos isso aqui, aliás, se é tão ruim, o que é que estão fazendo aqui ainda, dá licença, ninguém mora obrigado, faz favor.

  43. Gjose says:

    pelo jeito tem índio aqui, pois esta dizendo fora haole, ou esta falando para si mesmo…fora haole

    afinal os índios são os únicos não haole da ilha
    hehehehe

  44. Willian says:

    FORAAAAA HAOLEEE! NÃO TEM NADA O QUE MUDAR, SE FOR PRA MUDAR É VOCÊS DE LUGAR, FORA.

  45. Paulo says:

    Gente, nem todo mundo que critica o lugar onde mora deixa de trabalhar pra melhorá-lo.

    Sou do interior do estado, adoro Florianópolis, mas é fato que algumas críticas têm seu fundo de razão, como a falta de opções culturais.

    O que me assusta é que justamente a postura criticada na matéria, sobre a forma negativa como as críticas são tomadas, se refletiram nos comentários do post.

  46. Rodrigo Carvalho says:

    Eu morei em Florianópolis por 03 anos. Adoro a cidade, mas concordo quando falam sobre a mentalidade das pessoas nativas do local. Elas acham que a cidade pertence à elas e que as pessoas que vem de fora ou são intrusos querendo tomar o que é seu, ou são turistas para serem explorados. Eles valorizam mais o turista do que as pessoas que mudam-se para a cidade na intenção de nela trabalhar e gerar recursos.

  47. Guilherme says:

    FORA HAOLE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  48. cidadao do mundo says:

    O charme de Floripa sempre esteve na sua exoberancia natural e simplicidade do seu povo. Simplicidade nos seus valores, que sao muito bons (exceçao ao Figueirense e ao Avai). Convenhamos, estao tentando transformar Floripa em Miami… (ou seria Sao Paulo, ou Porto Alegre?), para que? Se querem ter o melhor do cardapio cultural, entao que busquem na cidade que tenha aptidao para tal. Se buscam emprego que nao seja nas (poucas) areas que Floripa oferece, que busquem em outros lugares. Floripa é bom para quem gosta de Floripa, e ruim para quem gostaria que ela fosse algo que não é! Progresso é bom mas tem limites e espero que Floripa nao se perca no crescimento desestruturado, sem proposito e sem necessidades um planejamento digno de um povo que busca evoluir e aprimorar os seus valores, sua cultura e seu modo de viver. Afinal, a cidade deveria ser apenas uma consequencia disso, no meu ver.

  49. Gjose says:

    Grande parte daqueles que acham floripa perfeita não sairam da ilha, ou do estado ou do país. E como bem falaram aqui, grande parte dos presidentes das empresas são de fora, e outra coisa haole por haole, os únicos que não são haoles nessa história são os índios..hehehehe

  50. Daniel Tonial Thomaz says:

    Concordo totalmente com a matéria.

    Tenho um blog que mostro o quão absurda é esta “capital”. Segue: http://www.ilhadoabsurdo.blogspot.com.

    Florianópolis não pode ser considerada uma capital, pois, não apresenta todos os serviços que uma capital deve oferecer.

    Mas o mais triste de tudo são os manézinhos que não aceitam críticas. E pior, aceitam tudo do jeito que é. São passivos. Aceitam esta falta de infraestrutura, aceitam estes políticos péssimos que representam Santa Catarina, aceitam estes hospitais precários, esta educação que é tratada como um incômodo pelo Governo do Estado. Enfim, porque Florianópolis não foi escolhida como uma sede da Copa de 2014?

Subir ↑