No Mundo enquanto_isso_2

Publicado em julho 23rd, 2010 | por Revista Naipe

0

NOS RASTROS DO MESTRE

[Texto e foto por Jaqueline Januzzi*]

O bonde vinha por seu caminho habitual. Foi interrompido. Matou-o atropelado.

Da mesma forma que Gaudí andava absorto em suas ideias, ao ponto de não ver o bonde em sua direção, turistas caminham pelos passeios e ramblas de Barcelona em busca das curvas, flores e cruzes características das construções desse gênio. Barcelona respira o ar das suas obras.

Ao absorverem a beleza da Casa Batlló e da Pedrera os turistas já estão mergulhados no mundo do mestre. Para ir mais longe, respira-se fundo. Depois de sair do metrô Vallcarca, ainda estão à espera escadas rolantes ao ar livre e uma caminhada arriba para chegar ao lugar mais mágico da cidade, o Parc Guell. À primeira vista, nada de tão especial: muito verde e caminhos de terra… Mas pouco a pouco se revela uma vista que nos faz perguntar: “Por que não gasto mais tempo da minha vida neste lugar?”

A caminhada parque adentro leva a belezas escondidas: esculturas nas rochas convidam às mais criativas poses para fotos; mosaicos de azulejos decoram bancos em formatos de casulos; o eco de um instrumento de cordas sobe uma escada em curvas, te leva a fixar os olhos em um teto cheio de detalhes inesperados e te transporta para o mundo da mente de Gaudí. Faz querer nunca mais sair dali. O bonde vinha por seu caminho habitual.

Foi interrompido.

*Jaqueline Januzzi é uma jornalista que vive em Barcelona, onde faz pós em Comunicação Social, vai trabalhar de bicicleta, recicla seu lixo e descansa na praia nos finais de tarde e de semana. Esta matéria foi publicada originalmente na Naipe 2. Clique aqui para ler a revista online.

Tags: , ,


Sobre o Autor



Os comentários foram encerrados.

Subir ↑